(47) 3433-1666
(47) 99772 5095

Qual anestesia indicada para pacientes que vão fazer rinoplastia?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Qual anestesia indicada para pacientes que vão fazer rinoplastia?

A rinoplastia é um dos procedimentos estéticos mais realizados no Brasil. De março a julho de 2020, o Google registrou um aumento repentino de 4800% nas buscas por rinoplastia. Muitos artistas e pessoas anônimas aproveitaram o período de isolamento social para fazer a cirurgia e conseguir passar pela recuperação.

A escolha da anestesia é fundamental para proporcionar uma boa recuperação para o paciente. 

Neste artigo, você vai conhecer qual é o tipo de anestesia indicada para pacientes que vão fazer rinoplastia. Confira!

Exames ajudam a definir melhor o tipo de anestesia para rinoplastia

Alguns tipos de intervenção cirúrgica exigem que o paciente seja submetido a exames específicos. Esses exames auxiliam o médico a avaliar doenças pré-existentes e diminuir o risco de complicações durante o procedimento. Entre os exames solicitados podem estar: 

  • hemograma completo para identificar possíveis alterações;
  • coagulograma para medir o comportamento de coagulação do sangue do paciente;
  • exames de Bioquímica básica para verificar a glicemia, a creatinina, o Potássio etc;
  • eletrocardiograma para verificar se há disfunções cardíacas.

A rinoplastia é um procedimento cirúrgico que não tem objetivos apenas estéticos, mas também para melhorar a qualidade respiratória do paciente. Por esse motivo, outros exames podem ser solicitados, como tomografia da face. 

Pacientes com histórico de doenças cardíacas ou que apresentam quadro de pressão alta, também podem precisar realizar um ecocardiograma ou outros exames a depender da avaliação com cardiologista. 

Depois de prontos, os exames serão analisados pelo cirurgião plástico, pelo médico anestesista e pelo otorrinolaringologista. Caso o paciente apresente algum fator de risco, deve ser tratado antes da cirurgia.

Tipos de anestesia para rinoplastia 

Anestesia geral para a rinoplastia

O uso de anestesia geral em cirurgias de rinoplastia está se tornando cada vez mais comum por causa dos benefícios que oferece. Os principais são a analgesia, amnésia, relaxamento muscular e a imobilização do paciente e a sedação.

Esse tipo de anestesia deixa o paciente mais relaxado e confortável durante o procedimento. Para o cirurgião também oferece vantagens, como o aumento da segurança para conduzir a cirurgia. 

Na anestesia geral, é possível aspirar melhor o sangue e as secreções que podem acumular na garganta durante a cirurgia. Isso ajuda a evitar que o paciente sinta um mal-estar após o procedimento e também protege de forma mais eficaz a sua via aérea.

A aplicação da anestesia pode ser de forma intravenosa associada a anestésicos inalatórios. A medicina evoluiu muito nos últimos anos, isso tem melhorado muito a segurança das medicações utilizadas.

Estudos mostram que os riscos de óbito relacionados com a anestesia geral são cerca de 0,001%. Isso inclui pacientes saudáveis e pessoas com doenças graves associadas, como pacientes cardíacos, hepáticos, pulmonares etc.

Anestesia local

O cirurgião em conjunto com anestesista também podem seguir com a anestesia local, associado a sedação dependendo da experiência e preferência de ambos. Além disso, algumas pessoas preferem esse tipo de anestesia por acreditarem que é mais segura do que a geral.

No entanto, é importante considerar que o rosto é uma região sensível e a definição do tipo de anestesia também deve considerar a extensão das mudanças que o paciente deseja. Por exemplo, se a cirurgia tem o objetivo de fazer correções funcionais, como um desvio de septo, o sangramento será mais intenso. A sedação da anestesia local pode torná-lo ainda maior.

Outro fator que influencia na anestesia é o tempo de duração do procedimento e a associação da cirurgia com outras técnicas. Se o paciente vai fazer uma rinoplastia junto com mamoplastia, mentoplastia, otoplastia ou outros tipos de cirurgia, pode ser mais adequado a anestesia geral. 

Quais os efeitos de uma anestesia pós-rinoplastia?

Uma anestesia pós-rinoplastia pode causar alguns efeitos no paciente. Os mais comuns são vômito, frio, tontura, sonolência e enjoos. Algumas pessoas também apresentam sinais de delírio, mas todos esses sintomas costumam passar, no mesmo dia do procedimento.

Durante esse período, o paciente ficará assistido por todo tempo necessário, até se recuperar e receber alta para ir para casa. Depois de ser liberado, o paciente continua sendo acompanhado à distância e retornando ao centro médico periodicamente conforme a orientação do cirurgião.

Cuidados antes da anestesia

Na consulta pré-operatória, o profissional vai orientá-lo sobre o procedimento, cuidados, medicamentos que deve tomar e tirar as suas dúvidas. Em geral, as principais orientações médicas são:

  • permanecer em jejum por 8 horas para líquidos e sólidos;
  • remover peças dentárias móveis, como dentaduras, pontes e pivôs;
  • evitar o consumo de bebidas alcoólicas e tabaco 72 horas antes da cirurgia.

A maior parte dos pacientes não apresenta efeitos colaterais por causa da anestesia de rinoplastia, mas sintomas como dor de cabeça, vômito pós-anestesia, náuseas, tremores e calafrios podem acontecer. 

Quer tirar dúvidas específicas sobre o seu caso? Converse com a nossa equipe de anestesistas.